Ginecomastia

A glândula mamária do homem normalmente não se desenvolve, porém pode se tornar saliente, por alterações hormonais, medicações, drogas ou obesidade, causando grande desconforto estético e emocional. A cirurgia de correção é feita por uma pequena incisão, feita de forma discreta no contorno da aréola. O excesso de gordura pode ser removido com lipoaspiração e, quando necessário, o tecido mamário é removido de maneira direta, com tesoura e bisturi. A anestesia é local, com monitorização e sedação. O paciente permanece na clínica ou hospital somente no dia da cirurgia. Nos primeiros 30 dias o paciente deve utilizar uma faixa elástica compressiva durante quatro semanas. A drenagem linfática é uma boa indicação neste tipo de pós-operatório. O paciente poderá retornar ao trabalho em poucos dias, dependendo do nível de atividade exercida com os braços;atividades mais intensas após quatro semanas.