Dermolipectomia dos braços

Após grandes emagrecimentos, alternância de períodos de ganho e perda de peso, ou com o passar da idade, é comum que ocorra uma piora da flacidez da porção posterior do braço. Isto se deve ao excesso de pele formado pelo estiramento desta durante o período de sobrepeso ou da perda de turgor da pele devido à idade. Por ser a pele posterior do braço relativamente fina, ela não contrai o suficiente após a perda ponderal, acarretando o excesso de pele local. A dermolipectomia do braço ou lifting braquial, visa retirar este excesso de pele, proporcionando um contorno do braço mais natural e menos flácido. Após a operação, o paciente deve evitar o excesso de movimentos, principalmente levantar os braços por 30 dias, visto que a cicatriz se encontra na axila e será forçada nestes casos. Quanto menor for a tração sobre a cicatriz, menor será o seu alargamento. O resultado definitivo da dermolipectomia é atingido após 6 meses da cirurgia, período necessário para a acomodação dos tecidos e amadurecimento da cicatriz.